O quarto suspeito e apontado como mandante da chacina, já foi identificado pela Polícia Civil e está sendo procurado. A apresentação dos demais foi feita na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestro, na manhã desta segunda-feira (01), em Manaus.

O crime bárbaro que aconteceu no município de Beruri a 173 quilômetros de Manaus, pode ter sido motivado por roubo. A primeira informação que chegou do trio preso na manhã deste domingo (31), os irmãos Marinelson Maciel dos Santos, 20, Pedro Maciel dos Santos, 18 e o sobrinho deles, Antônio Carlos Ferreira dos Santos, 22, foi que um traficante que tinha uma rivalidade com a vítima, teria mandado executar a família pagando a quantia de R$ 1 mil reais para cada um. Porém, eles informaram durante apresentação na delegacia em Manaus, que eram vizinhos da família e que ouviram falar que na casa das vítimas havia uma quantia em torno de R$ 14 mil reais guardada, o que os motivou a fazer tamanha barbaridade.

“Eles afirmam que a vitima vendia droga no local e em função disso, por uma rivalidade, um outro traficante os contratou para ir lá e executar toda a família. Cada um iria receber mil reais para praticar o crime foi o que eles narraram aqui na delegacia”, disse delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Seqüestros (DEHS).

O quarto suspeito e apontado como mandante da chacina, já foi identificado pela Polícia Civil e está sendo procurado. 

O pai, Lucivaldo de Oliveira Brasil, 21, a esposa dele e mãe de duas crianças, Mônica Almeida Lima, 20, os dois filhos do casal, Suelen de Lima Brasil, 4, e Alexandre de Lima Brasil, 2, o sobrinho de 11 anos, Marcos de Oliveira Santos, foram mortos a facadas e marretadas dentro de casa pelo trio, segundo a polícia. Os corpos foram encontrados por vizinhos.

Os três já confessaram o crime, e foram flagranteados pelo crime de homicídio. “Eles foram conduzidos para a capital por que lá não tinha segurança devida e poderia alguém invadir a delegacia para matá-los. Eles estão sendo flagranteados aqui e vão ser encaminhados para a delegacia de Beruri. Acreditamos que o juiz, por prudência e por sensatez, vai pedir que eles fiquem aqui em Manaus, que é mais seguro para eles”, finalizou o delegado.

Monstros!!! Trio que matou pais, filhos e sobrinho a facadas e marteladas dentro de casa foi capturado