Apesar de o governo brasileiro reconhecer a legitimidade do autoproclamado presidente em exercício da Venezuela, Juan Guaidó, ele não será recebido com honras de chefe de estado.

A visita oficial nesta quinta-feira (28) será ao ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Palácio Itamaraty, como informou o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros.

A reunião informal entre Juan Guaidó e Jair Bolsonaro será no Palácio do Planalto, às  14h.