Um dos responsáveis pela morte do sargento da polícia militar Luiz Carlos da Silva Castro de 56 anos, se entregou na madrugada desse domingo a polícia. Trata-se de Joelson Ferreira Soares, de 23 anos, que apareceu acompanhado de um pastor à delegacia e com uma bíblia embaixo do braço. Com lágrimas nos olhos, o suspeito falou com a imprensa e alega estar arrependido, diz ter atirado somente na perna do Sargento, e que chegou a pedir para os comparsas pararem, “Eu só dei um tiro na perna, ainda falei para os ‘cara’ pararem de atirar, estou arrependido, tenho 2 filhos, já me entreguei a Jesus, quero paz.” Joelson finaliza pedindo perdão aos familiares da vítima e da sociedade e confessa ter se entregado a polícia com medo de morrer.

Joelson Ferreira Soares

O acusado já havia sido preso por assalto a ônibus do transporte alternativo e rotas do Distrito Industrial em 2018. Após se apresentar na  Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros – DEHS , situada na Av Autaz Mirim , zona Leste, será  encaminhado o Centro de Detenção Provisória Masculino.