Você já imaginou dar a volta ao mundo a bordo de trem? Esta experiência inesquecível é possível em uma viagem de 24 dias, cruzando três continentes e percorrendo aproximadamente 16 mil quilômetros sobre trilhos por 14 cidades do Canadá, China, Mongólia e Rússia.

O roteiro da volta ao mundo de trem inclui entre seus destaques as Montanhas Rochosas, no Canadá, a Grande Muralha da China, uma das Sete Maravilhas do Mundo, o Baikal, o maior lago de água doce do mundo, localizado na Sibéria e o Kremlin, em Moscou.

Organizada pelo Grupo TT Travel, tem saída única marcada para o dia 15 de agosto de 2020 e retorno em 6 de setembro de 2020. O roteiro começará na cosmopolita Toronto, com um jantar no restaurante 360 da CN Tower.

Hotéis 4 ou 5 estrelas e guias em português

Todas as hospedagens ocorrem em hotéis com quatro ou cinco estrelas e permitem uma imersão mais profunda nas culturas locais, com alta gastronomia e o conforto necessário para recuperar as energias durante a jornada.

Para enriquecer ainda mais essa experiência, profissionais com um vasto repertório e que falam português ou espanhol estarão todo o tempo à disposição do grupo. A guia acompanhante é brasileira.

Quanto custa dar a volta ao mundo de trem

A viagem custa a partir de € 16.530 por pessoa em acomodação dupla, incluindo 14 noites a bordo dos trens, oito noites em hotéis, 59 refeições, jantar de boas-vindas no restaurante 360 da CN Tower, trecho aéreo em classe econômica Air Canada de Vancouver a Pequim e city tour, além de passeios e visitas contemplados na programação. Na cotação atual, o valor equivale a cerca de 76 mil reais. 

Mais informações: www.desejoluxo.com.br

Veja fotos da volta ao mundo de trem, edição 2020:

Baikal, maior de água doce do mundo, na Sibéria

Muralha da China
Kremlin, em Moscou, na Rússia

Clique aqui para ver página original