Após cinco anos do início das obras, os trechos finais do prolongamento da avenida Avenida Governador José Lindoso, mais conhecida como a Avenida das Torres, serão entregues para funcionamento, a partir da próxima sexta-feira (30) ás 09h.

A obra passou por três gestões de Governo no Estado e ficou parada até 2017 em função de pendências técnicas e jurídicas. Após um ano de trabalho ininterrupto as obras executadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), foram concluídas.

Os trechos 2, 3 e 4 da avenida das Torres estarão liberados para tráfego de veículos, oficialmente, após a solenidade. Quem vem pelo trecho 1 da via, que começa na avenida Efigênio Sales, depara-se com o prolongamento após uma passagem de nível erguida sob a avenida Timbiras.

Os três novos trechos da via totalizam 11,1 quilômetros e, somando-se aos 6,3 quilômetros do trecho 1, são mais de 17 quilômetros de estrada. Além disso, são duas mãos de fluxo, sendo três faixas para a circulação de veículos em cada uma delas. Segundo o Governo do Estado, a avenida das Torres também será o maior corredor de ônibus de Manaus.

Os coletivos terão faixa exclusiva para trafegar e contarão com 28 paradas de ônibus. Duas estão situadas no trecho 2, que começa na avenida Timbiras e vai até a avenida Noel Nutels; seis paradas no trecho 3, entre a rua Fênix, na Cidade Nova 1, até o igarapé do Passarinho, no bairro Monte das Oliveiras, conjunto e bairro Nova Cidade; e outras 20 estão ao longo do trecho 4, que inicia no conjunto Galileia e termina no Km 20 da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara).