Na contramão do atual momento econômico do Brasil, o mercado de produtos e serviços de saúde e bem-estar está cada vez mais promissor. Esse segmento cresceu 17% em 2017 em relação ao ano anterior, de acordo com pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising). Segundo o estudo, a ascensão se deve a alta procura por produtos e serviços nessa área.

Seja pelo aumento da busca por qualidade de vida ou pelo envelhecimento da população, o comportamento dos consumidores está mudando e as atividades ligadas aos segmentos de saúde e bem-estar estão gerando ótimas oportunidades de negócios. O setor desponta com grande destaque, representando em média 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, com uma movimentação de R$ 300 bilhões por ano, de acordo com o Sebrae.