Às vezes, controlar a vontade de ir ao banheiro é uma necessidade. Mas, quando se torna um hábito, pode causar problemas como infecções e incontinência urinária.

Riscos de segurar o xixi

Como explicou a ginecologista Luciana Deister no Instagram, a retenção do xixi por muito tempo na bexiga favorece a proliferação de microrganismos e aumenta as chances de uma infecção no trato urinário, como a cistite, por exemplo.

Mas este não é o único problema: segundo a médica, quando a bexiga se distende demais porque está muito cheia, fica mais difícil esvaziá-la por completo. Com o tempo, isso pode causar alterações na musculatura que controla a bexiga, resultando em incontinência urinária.

aslysun/Shutterstock De acordo com informações do Hospital Sírio-Libanês, a incontinência urinária é mais comum entre as mulheres e costuma estar relacionada à fraqueza dos músculos que sustentam a bexiga e do músculo esfincteriano que envolve a uretra, o que causa a chamada incontinência por esforço, que é quando o indivíduo perde a capacidade de segurar o xixi.

Como evitar incontinência urinária

Além de fazer as necessidades sempre que possível, entre cinco e seis vezes por dia, é importante continuar bebendo água regularmente – para manter-se hidratada, evitar infecções urinárias e também criar o hábito de ir ao banheiro.

Exercícios de fortalecimento da musculatura pélvica também podem ajudar a evitar a incontinência urinária por esforço. Sedentarismo e obesidade estão entre os fatores de risco, portanto, manter hábitos saudáveis fazem parte da prevenção.

https://www.instagram.com/p/B1rTP-rp-02/?utm_source=ig_embed

Fonte: Vix