Segundo Letícia Fontes, nutróloga da Clínica Medicina Integrativa, de São Paulo, alimentos ricos em vitamina A (como cenoura e espinafre) reduzem a produção excessiva de sebo, enquanto o zindo (presente na castanha-do-pará, ovos e carnes vermelhas magras) tem ação anti-inflamatória e impede o aparecimento de bactérias.

Além disso, evitar açúcar é uma ótima dica. “Isso é fundamental no tratamento, já que o ingrediente acaba piorando a inflamação das espinhas”, aponta Letícia.