Neymar Jr foi o responsável por terminar o namoro com Bruna Marquezine e isso mexeu com os nervos dos internautas e dos fãs que ainda apostam numa volta do casal Brumar. O retorno, desta vez, durou pouco mais de 10 meses. Assim que eles decidiram voltar, Neymar chamou a mãe, Nadine Gonçalves, para conversar e contar que estava voltando com Marquezine, porque a matriarca da família não aprovava o namoro.

As crises de ciúmes de Bruna começaram a implicar no relacionamento. Brigas constantes entre eles levaram Neymar a dar um ultimato à amada. Em agosto, a global esteve no Festival de Veneza, na Itália, e na França, e Neymar aproveitou para fazer uma festinha, com direito a amigas brasileiras e, claro, sem o conhecimento de Bruna. As informações são do jornalista Leo Dias, do jornal O Dia. A situação ficou pior a ponto dos amigos do craque entrarem na berlinda. Bruna achava que eles eram os responsáveis por levar Neymar para o “mau caminho”. Já os “parças” afirmavam que a atriz estaria se promovendo no exterior por causa de Neymar.

“A situação entre eles já estava ruim há algum tempo. Ele fazia uma festa em que jogava pôquer, sempre levava a Bruna. Desta vez, não levou. Entraram várias meninas, menos a Bruna. Ela era muito ciumenta, tinha ciúmes dos parças, os amigos do Neymar”, disse o jornalista no “Fofocalizando”, do SBT.

Bruna cortou a relação dos amigos com Neymar, sobrando apenas três: Jô Amâncio, o irmão “adotivo” do craque, e outros dois que fazem parte do seu staff. Como tudo na vida pessoal de Neymar é motivo de burburinho, a equipe de marketing foi obrigada a se manifestar e avisá-lo que o seu futebol estava em segundo plano na situação.

Ainda de acordo com o jornalista, Neymar ainda gosta de Bruna, mas precisou colocar na balança o que é melhor para o seu futuro.