Vítima teve um prejuízo de R$ 24 mil.
Grupo usou aplicativo de mensagens pelo celular com número de Manaus com a foto da filha da idosa no perfil.

Uma idosa, de 74 anos, moradora de Manaus, teve um prejuízo de R$ 24 mil após ser vítima do “golpe do novo número” pelo Whatsapp. Após investigação, a Policia Civil do Amazonas (PC), descobriu que a quadrilha atuava do estado de Goiás, onde quatro pessoas acabaram presas.

O delegado Denis Pinho, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), disse que a idosa procurou a delegacia na última segunda-feira (13), onde relatou ter transferido o dinheiro após os suspeitos usarem um aplicativo de mensagens pelo celular com a foto da filha dela no perfil.

“A vítima contou que a pessoa que se passou pela filha dela pediu para ela apagar o número antigo e salvar o novo. Depois começaram a pedir dinheiro. Nossa equipe agiu rápido e conseguimos identificar a organização criminosa que agia de Goiás, onde solicitamos apoio policial e parte do grupo foi capturado”, contou.

Ainda segundo o delegado, os suspeitos usaram um número de telefone com DDD do Amazonas para enganar a idosa. A polícia suspeita que mais pessoas tenham sido vítimas do golpe em Manaus, após apreender um caderno com anotações de dados de pessoas que residem na capital.

Com os quatros presos, a polícia de Goiás apreendeu duas armas de fogo, além de porções de drogas.

O delegado Denis Pinho informou que os suspeitos serão transferidos de Goiás para unidades prisionais em Manaus, onde vão responder pelos crimes estelionato, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

Fonte: G 1 Amazonas