Na tarde desta terça-feira (19), o governador do Amazonas, Wilson Lima, e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, realizaram uma coletiva de imprensa na sede do governo, junto com o secretário nacional de vigilância em saúde, Wanderson Kleber de Oliveira, que visitou a capital amazonense para o lançamento da Campanha de Vacinação contra a Influenza H1N1 (Gripe). Mais de um milhão de vacinas foram distribuídas para a campanha.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe inicia na próxima quarta-feira (20) no Amazonas, 21 dias antes das demais capitais brasileira. Essa decisão foi por conta das ocorrência de casos e óbitos por influenza, desde fevereiro deste ano, no estado. Nesse ano, já foram registrados 666 casos suspeitos, sendo confirmados 107 para H1N1. Com 28 mortes confirmadas pela doença.

Estavam presentes na coletiva o governador do Amazonas, Wilson Lima, o secretário de saúde do estado, o vice-governador Carlos Almeida, o secretário municipal de saúde Marcelo Magaldi, o prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, e o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber.

VACINA H1N1

A vacina será disponível para  as gestantes, crianças de um a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação