Uma longa reunião entre prefeitos do interior do estado do Amazonas e os deputados estatuais da Assembleia Legislativa do Amazonas teve como objetivo derrubar (nem que seja na justiça) o projeto do governador Wilson Lima que visa realocar verba do FTI para cobrir o rombo na saúde pública do estado.

Uma reunião a portas fechadas na tarde da última segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), teve como pauta o projeto  que altera a partilha do Fundo de Desenvolvimento do Interior (FTI), enviado pelo Governador do Amazonas, Wilson Lima, para realocar R$ 350 milhões para a área da saúde no Estado. 

A reunião que teve a  liderança do presidente da Associação Amazonense de Municípios (AMM), Andreson Cavalcante (Pros), reuniu treze prefeitos do interior do estado que, segundo informações, pressionaram os deputados a não aceitarem a proposta feita pelo governador.

De acordo com fontes do portal, houve a hipótese de levar o caso para a justiça caso o governo consiga a aprovação do projeto. O deputado Belarmino Lins (PP), propôs suspender a tramitação da matéria até uma renegociação com governo. No final da reunião foi definido que antes da votação que ocorrerá na próxima quarta-feira (27), o grupo quer ser ouvido pelo governador.

O portal A Repórter entrou em contato com a assessoria do governador para apurar se a reunião com Wilson foi realizada, mas até o fechamento dessa matéria, não obteve resposta.