Se você malha há meses e ainda está longe de alcançar seu objetivo, experts analisam falhas comuns e que boicotam sua rotina de treinos.

Você treina, treina, treina e não vê resultados? Uma das reclamações mais comuns para quem frequenta academia é a demora para atingir seus objetivos – perder peso, ganhar massa ou definir o shape, por exemplo. O segredo para essa frustração pode ser alguns hábitos que passam despercebidos, mas podem impactar no seu desempenho.

Confira os 5 erros mais comuns que você faz e podem estar te atrasando:

Treinar em excesso

Também conhecido como overtraining, essa não é a melhor tática para chegar ao seu objetivo mais rápido. Treinar por muito tempo ou com muita frequência pode trazer sérias consequências para a sua saúde muscular. Esse método pode atrasar seu progresso e há grandes chances de você conseguir uma lesão se esforçando tanto.

Para quem está iniciando, um treino de 45 minutos já é o suficiente. “Busque um nível de intensidade em que você possa sentir os grupos musculares-alvo trabalhando, mas não alcance a falha muscular, ou seja, quando você não puder fazer outra repetição”, disse a personal trainer Jéssica Mazzuco ao site Insider.

Sono insuficiente

O sono desenvolve papéis fundamentais na saúde física e mental do ser humano. Ter boas horas de descanso também ajuda no crescimento muscular, pois é nesse momento que o corpo se recupera. O ideal é que seja 7 horas de sono. No caso de atletas de alto nível, alguns estudos sugerem até 10 horas de sono.

Má nutrição

Para perder quilos ou ganhar massa corporal, a alimentação é aliada na sua vida esportiva. Uma boa nutrição requer a dosagem correta e necessária de carboidratos, proteína e gordura. “Priorize alimentos integrais nutritivos com um bom equilíbrio desses macronutrientes para obter melhores resultados”, indica a personal trainer Bryan Goldberg.

Não se desafiar gradualmente

Para bons resultados, é necessário variar os treinos e se desafiar de forma gradual. A ideia é que, em um período de 4 a 6 semanas, as repetições ou intensidades ganhem um aumento de 10% a 15%. Essa técnica é conhecida como sobrecarga progressiva e pode trazer resultados positivos para o seu treino.

Focar em movimentos isolados

Muitas pessoas tendem a focar em exercícios como abdominal, treino de pernas ou braços, pensando em atingir um objetivo específico de forma mais rápida. Mas não é bem assim que funciona. Todo o seu corpo precisa estar em constante progresso. Por isso, é necessário realizar, também, movimentos que mexam diferentes músculos do seu corpo.
Flexões, levantamento terra e agachamentos são alguns que merecem ser feitos e movimentam diversos músculos.

Fonte: Metrópoles