“Vou consolidar os avanços contra o crime e a corrupção”, diz Moro ao aceitar ministério.

O juiz federal Sérgio Moro saiu de Curitiba na manhã nesta quinta-feira (1º) para se reunir com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) no Rio de Janeiro, onde aceitou convite do presidente para comandar o superministério da Justiça. O magistrado vai divulgar uma nota detalhando os termos da proposta que aceitou.

Responsável pela Lava Jato em Curitiba, Sérgio Moro, é o quinto ministro anunciado para compor o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).