Meghan Markle revelou não estar sendo uma tarefa fácil a maternidade na realeza. Durante turnê humanitária pela África, a duquesa de Sussex participou da gravação de um documentário sobre a passagem pelo país na companhia do marido, Harry, e do filho, Archie Harrison, que será lançado no próximo domingo pela ITV. Intitulado de Harry & Meghan: An African Journey, o vídeo conta com uma entrevista exclusiva com ela sobre as dificuldades de ser mãe em meio aos holofotes da Coroa Real Britânica. “Qualquer mulher, especialmente quando está grávida, fica muito vulnerável. E tudo o que está acontecendo tem deixado este processo ainda mais desafiador. E ainda mais quando você tem um recém-nascido. Especialmente eu sendo uma mulher, é realmente demais”, adiantou a duquesa, ao ser questionada sobre sua saúde mental em meio às polêmicas midiáticas.

‘Pouca gente me perguntou se estou bem’, aponta Meghan Markle

A duquesa de Sussex falou sobre os bastidores de ser a mulher de um membro da realeza. De acordo com ela, foi difícil lidar com as polêmicas e assédio do público logo após ser mãe pela primeira vez. “Então, você acrescenta este contexto [da maternidade e do spotlight] a eu apenas tentando ser uma nova mãe ou tentando ser uma mulher recém-casada. Poucas pessoas me perguntaram se eu estou bem, mas é uma coisa muito real pensar no que eu estou passando por trás dos bastidores”, afirmou.

Duquesa de Sussex afirmou estar encarando um período difícil

Em entrevista para o documentário, Meghan Markle falou ainda sobre sua saúde mental. O repórter fez uma pergunta mais íntima a duquesa sobre as dificuldades que está encarando neste período e ela afirmou não está sendo fácil. “Seria justo dizer que você não está de fato bem e que este período da sua vida tem sido uma luta?”, questionou o jornalista e a ex-atriz confirmou: “Sim”.

Assédio da mídia faz Harry relembrar da mãe, Princesa Diana

Assim como Meghan Markle, Harry também está muito impressionado com o assédio dos tabloides britânicos com relação à sua mulher. O duque de Sussex chegou, inclusive, a comparar o momento atual com a pressão que a sua mãe, Princesa Diana, sofreu na época anterior ao seu falecimento. “Toda vez que vejo uma câmera, toda vez que ouço um clique, toda vez que vejo um flash, isso me leva de volta. Nesse aspecto, é o pior lembrete da vida dela que eu tenho”, afirmou. Ele falou ainda que a morte prematura da mãe ainda é uma ‘ferida aberta em sua vida’. “Tudo o que faço me lembra dela. Como eu disse – com o papel, com o trabalho e o tipo de pressão que vem com isso-, eu me lembro das coisas ruins”, explicou.

Fonte: Purepeople