Após aproximadamente três horas de reunião do Conselho Regional de Medicina (CRM), os donos e sócios das empresas médicas que prestam serviços de saúde para o Governo do Estado, decidiram que na próxima quarta-feira (21), os médicos irão parar as cirurgias eletivas e ambulatórios a partir das 07h da manhã. Serão mantidos apenas os atendimentos de urgência.

Durante reunião médicos se vestiram de preto representando luto como forma de protesto.

Doutores Vítor Hugo e Ana Cristina esclarecendo os procedimentos que foram tomados no decorrer da situação.