Um homem de 38 anos foi indiciado no dia 07/10 acusado de espancar, estrangular e afogar a esposa e os quatro filhos. O caso, ocorrido na Flórida, Estados Unidos, foi descoberto no mês passado, quando os corpos foram encontrados.

Michael Wayne Jones Jr. pode ser condenado à morte. A acusação aponta que, no dia 10 de julho, ele teria espancado a mulher, Casei Jones, usando um taco de beisebol. No dia seguinte, Jones teria estrangulado seus filhos adotivos, Cameron Bowers, de 10 anos, e Preston Bowers, de 5.

Duas semanas depois, foi a vez das filhas biológicas se tornarem vítimas: Mercalli Jones, de 2 anos, e Aiyana Jones, de apenas 11 meses, foram afogadas. Um comunicado da polícia afirma que o homem deixou os corpos na casa por semanas. Depois, os colocou em uma van, para então tentar levá-los até o Condado de Brantley, na Geórgia.

Jones foi questionado sobre o mau cheiro em seu carro após uma colisão num acidente no fim de setembro. Quando os policiais revistaram o veículo, encontraram o corpo de Casei. Depois disso, ele acabou levando os agentes até uma mata próxima, onde os restos mortais das quatro crianças estavam escondidos.

De acordo com o Daily Mail, Jones matou a esposa depois de uma briga. Ele não deu justificativa para tirar a vida dos filhos. O acusado segue preso enquanto espera o julgamento.

Fonte: Amazon Press