Reforçando as ações de fortalecimento à economia do interior do Estado, o governador Wilson Lima visita, neste sábado (30/3), a partir das 9h, o Município de Rio Preto da Eva (distante 57 quilômetros da capital). Wilson Lima vai reinaugurar um posto de atendimento da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) e também fará a entrega do escritório do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), que passou por obras de melhoria.

A agenda do governador é alusiva ao aniversário de 37 anos do município e inclui, ainda, visitas ao Centro Municipal de Vigilância em Saúde, Centro de Atenção Psicossocial Hilda Siqueira Pinto (CAPS), Ouvidoria Municipal, Unidade Básica de Saúde Ednaide Lopes, Escola Municipal Menino Jesus, Ginásio Poliesportivo Pedro Ferreira Pinto, encerrando na 3ª Feira da Piscicultura e Agronegócios, que iniciou na sexta-feira (29/3) e encerra no domingo (31/3).

Reinauguração – O posto da Afeam tem como objetivo estabelecer uma relação mais próxima com os responsáveis por impulsionar o desenvolvimento do município, especialmente produtores rurais da região. O local vai atender cidadãos para negociações de dívidas, expedição de boletos e extratos financeiros, demandas de crédito, além de servir como um ponto estratégico de atendimento para o fornecimento de informações.

O orçamento do Governo do Estado previsto para Rio Preto da Eva, em 2019, é de R$ 1,3 milhão, destinados aos setores primário, secundário e terciário. A Afeam também possui outros seis postos de atendimentos no interior, localizados em Eirunepé, Itacoatiara, Manacapuru, Manicoré, Presidente Figueiredo e Tefé, que também podem requerer crédito durante o todo ano.

Reforma – O escritório do Idam em Rio Preto da Eva foi reformado para oferecer melhores condições de atendimento às demandas dos produtores rurais e agricultores familiares, além de proporcionar um ambiente adequado de trabalho para os técnicos tanto do Idam quanto da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), ambos vinculados à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror).

Feira – De acordo com dados do Idam, a piscicultura é a terceira atividade mais rentável para o município, atrás somente da exploração de banana e da laranja, insumo que mais movimenta a economia, com cerca de dois mil hectares plantados.

Recentemente o instituto realizou um censo que apontou a atuação de mais de 300 piscicultores em Rio Preto da Eva. A terceira edição da Feira da Piscicultura e Agronegócios está sendo realizada com a intenção de ampliar as atividades voltadas a estas áreas, movimentando a economia do município.