Os tiros que os policiais dispararam durante perseguição, causou pânico em quem estava nas proximidades do fórum. 

O detento Diogo Cabral de Oliveira, que chegava para uma audiência no fórum Henock Reis, no Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus, aproveitou a chuva forte para desvencilhar-se dos policiais que faziam a escolta, no momento em que descia do camburão, e tentou a fuga, correndo em direção à Secretaria de Fazenda. Os militares o perseguiram e chegaram a disparar alguns tiros para o alto, o que causou pânico entre funcionários, advogados e cidadãos que estavam no prédio.

Recapturado, Oliveira foi conduzido de volta ao Fórum. Ele é interno do Instituto Penal Antonio Trindade, na BR-174.

Fonte: Hiel Levy

Supremo Tribunal Federal autoriza o sacrifício de animais em rituais religiosos e oferendas

Acidente gravíssimo envolvendo ônibus, destrói um veículo na Djalma Batista em Manaus