Supostos aproveitadores do bairro Educandos e de outras regiões estão se beneficiando da mobilização em prol das vítimas do incêndio que ocorreu na última segunda-feira (17), em Manaus. Segundo informações pessoas que não tem nada a ver com a tragédia passaram o dia nos pontos de doações levando roupas, mantimentos, brinquedos, entre outros itens para dentro de suas casas ou até mesmo para comercialização.

Equipe do portal A Repórter esteve pessoalmente no local dos escombros onde outros moradores revoltados pediam cuidado com aqueles que estavam tirando proveito da situação. Conforme uma voluntária que estava doando sopa próximo a rua em que ocorreu a tragédia, muitos comerciantes estavam pegando as cestas básicas para o próprio uso. Ela conta que sabe quem são as vítimas do incêndio, pois mora no bairro há anos, e que grande parte estava nos abrigos ou em casas de parentes fora do bairro, sem condições psicológicas para permanecerem no local que virou foco dos aproveitadores. Outro jovem avisou a equipe de veterinários que alguns iam até a igreja em busca de ração e alimentos não perecíveis para revender na feira. 

Imagens e denúncias estão rolando nos grupos de WhatsApp pedindo alerta em relação a essa situação.

 

De acordo com denúncias, o carro pertence a um casal que mora no japiim e estava se beneficiando dos mantimentos doados.

Para mais denúncias, entrar em contato através no email [email protected]