A líder comunitária Lucineia Ferreira Lima, de 51 anos, o filho dela, Yuri Lima Barros, 19, e mais um homem – identificado apenas como Matheus – foram encontrados decapitados na manhã desta quinta-feira (17), dentro da comunidade Itaporanga, situada no conjunto João Paulo, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.

Segundo relatos de testemunhas, na ocasião do crime, homens fortemente armados teriam invadido uma residência no mesmo local e agredido um homem de 30 anos.

Policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada ainda na noite de ontem (16) para localizar os cadáveres, porém, sem sucesso. Já na madrugada de hoje, moradores acionaram novamente a polícia para dar detalhes sobre a localização exata dos corpos.

Além de estarem sem cabeça, as vítimas ainda apresentavam sinais de tortura. À polícia, moradores relataram que vários homens chegaram ao local fortemente armados e levaram Lucineia, Yuri e Matheus.

Na ocasião, um homem que mora em uma residência que faz fundo com a mata foi agredido e ameaçado de morte por ter visto o rosto dos criminosos. A casa do morador foi marcada com a sigla CV [Comando Vermelho] escrita com sangue, como forma de aviso.

 

A polícia acredita que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas e briga entre facções criminosas.

Moradores da área não quiseram comentar o caso por medo de represálias, visto que também foram ameaçados.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o caso para localizar os autores do crime.

Foto: Altemir Coelho/Portal do Holanda

Fonte: Portal Manaus Alerta