O ex sargento da Polícia Militar, Elizeu da Paz de Souza preso durante as investigações sobre a morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42 anos, recebeu autorização da Justiça para deixar a cadeia e realizar a prova da OAB nesse domingo (20), em Manaus.

O pedido foi realizado pela defesa e aceito na última sexta (18) pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. Com o aval da magistrada, o sargento Da Paz será escoltado até o local dia prova e deve retornar para a prisão assim que encerrar o processo.

Na última quarta-feira (16), o policial militar foi exonerado do quadro de servidores da Casa Militar. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município durante essa semana. Elizeu está sob sindicância por ter sido flagrado usando um carro alugado da prefeitura para ir até a casa de Alejandro Valeiko na noite em que Flávio desapareceu. Ele ainda aparece nas filmagens deixando o condomínio junto com o lutador de MMA Mayc Parede

A polícia acredita que ele pode ter ajudado a tirar o engenheiro do local. Mas as investigações sobre o caso continuam. A juíza responsável pelo caso pediu pela manutenção das prisões de todos os envolvidos