As mortes na comunidade de invasão Monte Horebe parecem não ter fim. Na manhã desta segunda-feira (21) mais três mortes brutais foram registradas na área, que fica localizada dentro do bairro Lago Azul, na Zona Norte.

A primeira morte foi de John Kevin Ferreira Alves de 20 anos, que foi arrancado de dentro de casa e morto a tiros a céu aberto. Segundo a perícia, foram usados no crime armas de grosso calibre para executar o rapaz.

Alguns instantes depois, um corpo do sexo masculino foi encontrado, em uma área de barranco, sendo identificado apenas como Wendel. Esses dois cadáveres foram removidos pelo IML ainda cedo da manhã.

Por volta das 7h surgiu uma nova ocorrência, onde mais um homem havia sido executado, com características parecidas do primeiro. Alessandro Tiago de Jesus dos Santos,23, conhecido como” Lourinho” foi morto com quatro tiros na cabeça, dentro de um barraco, na rua Ester. De acordo com os peritos, Alessandro recebeu três tiros de pistola ponto 40 e um de fuzil 762.

O homem estava dentro de uma rede, com massa encefálica espalhada no chão. O corpo foi removido pelo IML. No local foi informado que Loirinho “vendia trufas”, que na linguagem popular faz referência a entorpecentes, e que o mesmo não fazia parte daquela área, e teria sido perseguido por uma organização criminosa rival.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Sequestros.

Fonte: Imediato