A Câmara Municipal de Manaus vai suspender as atividades, por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (23/03). O objetivo é evitar a disseminação do coronavírus entre os servidores e prestadores de serviços do Legislativo Municipal.

A medida deve ser publicada no Diário Oficial do Município na edição de amanhã, conforme disse o presidente da CMM, vereador Joel Silva. Os detalhes do ato ainda estão sendo discutidos para definir se algum setor da Casa continuará funcionando.

Joel ressaltou que a CMM possui 15 vereadores com mais de 60 anos, ou seja, estão incluídos no grupo de risco da doença. Também existem os casos de vereadores com imunidade baixa por causa de tratamento médico, como os vereadores Gilmar Nascimento e Professora Jaqueline, que recentemente passaram por cirurgias.

A CMM vai seguir as medidas adotadas pela Assembleia Legislativa e pelo Tribunal de Contas do Amazonas , que nesta semana suspenderam os trabalhos por causa do risco de contaminação de seus servidores.