Presidente eleito e assessores próximos se reúnem para discutir a formação do novo governo.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), saiu de casa na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para participar de uma reunião em que devem ser discutidos nomes para integrar o ministério de seu governo.

A reunião é na casa do empresário Paulo Marinho, aliado de Bolsonaro desde o início da campanha. Além do presidente eleito, participam do encontro o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), provável ministro da Casa Civil do novo governo, e Paulo Guedes, já anunciado por Bolsonaro como ministro da área econômica.

Na entrada da casa, Gustavo Bebianno, dirigente do PSL, falou com a imprensa. Uma jornalista perguntou sobre os nomes definidos para os ministérios.

Bebianno respondeu: “Em torno de 15, mais ou menos. Já temos alguns nomes. Mas isso o presidente vai anunciar”.

Durante a campanha, Bolsonaro disse que seu governo teria no máximo 15 ministérios.