Leo Dias relata que Thiago Magalhães a chamava de burra, suburbana e a humilhava em público. O que a privou Anitta de fazer sexo a três com ele, pois a cantora temia ser humilhada na cama diante de outra mulher.

A biografia não autorizada de Anitta ofereceu pontos de vista interessantes. Dá pra concluir uma coisa, ela melhorou de vida. E não é pela grana, afinal de acordo com revelações do biógrafo Leo Dias, a cantora deixou um marido abusador para viver o que há de melhor na vida.

Em entrevista ao Morning Show da rádio Jovem Pan, o autor de Furacão Anitta afirmou que Anitta era humilhada pelo ex-marido Thiago Magalhães, que a chamava de ‘burra’ e ‘suburbana’ na frente de todo mundo.

Perguntei pra ela durante a entrevista e isso eu não botei no livro: ‘Você transou a três com o Thiago [Magalhães]?’, o ex-marido dela. Anitta respondeu: ‘Não, por medo. Medo de ter outra mulher na cama e ele começar a me humilhar como sempre fazia’”, contou.

Leo completou sobre a relação abusiva que a cantora atravessou. “O gosto que ele tomou pela fama incomodou demais a Anitta, e ela pediu que ele deletasse as redes sociais, além dele mentir muito”.

Ele segue dando detalhes da vida sexual da funkeira, “Anitta gosta muito de transar a três, isso é comum. Ela nunca transou com dois homens, sempre com mais uma mulher, ela gosta de mulheres”.

O livro foi lançado há menos de uma semana, mas já está dando o que falar. Concorde ou não, fato é que Anitta só melhorou depois de largar o marido abusador.