Pelo Twitter, presidente da Câmara dos Deputados afirmou que José Mauro Ferreira Coelho ‘deixará um legado de destruição para a empresa, para o país e para o povo’.

Após o anúncio de novo reajuste nos preços da gasolina e do diesel, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), foi ao Twitter pedir a renúncia do presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho. “O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa – o Brasil – e, pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país. Ele só representa a si mesmo e o que faz deixará um legado de destruição para a empresa, para o país e para o povo. Saia!!! Pois sua gestão é um ato de terrorismo corporativo”, escreveu o parlamentar. Em comunicado divulgado na manhã desta sexta-feira, 17, a estatal anunciou um aumento de mais de 14% no preço do diesel – de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro – e de mais de 5% na tarifa da gasolina – o preço do litro vai de R$ 3,86 para R$ 4,06.

Esta não é a primeira manifestação de Lira contra o comando da Petrobras. Na noite desta quinta-feira, 16, após o Conselho de Administração da empresa dar sinal verde para o reajuste anunciado nesta sexta, o líder do Centrão afirmou que “a estatal brasileira que possui função social age como amiga dos lucros bilionários e inimiga do Brasil”. Em outra publicação, o presidente da Câmara dos Deputados disse que reunirá os líderes da Casa para discutir a política de preços da petroleira. “Política da Petrobras, que pertence ao Brasil e não à diretoria da Petrobras”, escreveu. Outro expoente do Centrão, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, também subiu o tom contra a estatal. “Basta! Chegou a hora. A Petrobras não é de seus diretores. É do Brasil. E não pode, por isso, continuar com tanta insensibilidade, ignorar sua função social e abandonar os brasileiros na maior crise do último século. O governo, Congresso e todos com responsabilidade temos que acabar de vez com esse abuso dos lucros bilionários na hora em que a empresa não pode virar as costas para o Brasil e os brasileiros. Responsabilidade, sim. Falta de visão de país e de solidariedade com a nação, jamais”, afirmou Nogueira.

O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa – o Brasil – e, pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país.
— Arthur Lira (@ArthurLira_) June 17, 2022

 

 

Fonte: JP Notícias