O incidente teria acontecido após uma discussão do cantor e Yolanda Hadid, mãe de Gigi, ex-mulher de Malik.

Após ter sido denuciado pela ex-sogra Yolanda Hadid, o cantor Zayn Malik teria sido acusado legalmente de crimes contra Gigi Hadid, sua ex-esposa, e sua genitora. A informação é do site TMZ.

O portal teve acesso a documentos que detalham o dia em que a confusão aconteceu. Segundo o ofício, Malik e Yolanda tiveram uma acalorada discussão, que teria terminado com o cantor empurrando a sogra contra uma cômoda. Além disso, ele teria chamado a mãe de sua ex-esposa de “vagabunda holandesa” e teria se referido à filha como a “porra do esperma que saiu da minha porra”.

Durante a confusão, ele também teria ordenado que Yolanda ficasse longe de Khai, sua filha com Gigi Hadid, que, segundo fontes, estaria em Paris. De acordo com os médicos que estavam no tribunal, ele teria gritado com a ex-modelo por telefone. “Prenda algumas bolas de merda e defenda seu parceiro contra sua maldita mãe em minha casa”, vociferou.

Ainda segundo o TMZ, Zayn teria tentado lutar contra um segurança que estava próximo à confusão. O ex-One Direction negou que tivesse agredido a sogra, mas não contestou o assédio contra Gigi e foi multado. Ele está em liberdade condicional e também deve completar um curso de controle de raiva, um programa de violência doméstica e não deve ter contato com Yolanda ou o segurança.

No Twitter, o ex-One Direction revelou ter se desentendido com alguém da família, mas disse preferir tratar o assunto de maneira privada. Após o incidente, Gigi Hadid e Zayn Malik terminaram o namoro após quase seis anos juntos. Zayn e Gigi são pais de Khai, que nasceu em 2020.

Fonte: Metrópoles