O youtuber fez novas tatuagens em homenagem ao filho, João Miguel, que faleceu após não resistir a um parto prematuro.

Whindersson Nunes e Maria Lina, sua noiva, têm recebido a solidariedade de milhões de brasileiros desde que o bebê do casal, João Miguel, faleceu após não resistir a um parto prematuro.

Afastado das redes sociais, o humorista surgiu, nessa terça-feira (15/6), em fotos atuais publicadas no Instagram da tatuadora Bruna Martins. A profissional postou uma sequência de três imagens para mostrar a nova tatuagem que o influenciador fez em homenagem ao primeiro filho.

No entanto, muito além das tatuagens, o que realmente chamou a atenção dos fãs foi a expressão facial triste do youtuber. Preocupados, os fãs reagiram e, mais uma vez, demonstraram apoio ao influenciador.

“Tristeza no olhar chega a doer a alma”, “Só consigo ver que ele não está nada bem”.

“Dá pra ver na carinha dele que ele ainda não está bem e nem vai ficar tão cedo pois filho é algo mt precioso não imagino a dor que é perder um filho eu tenho duas e não gosto nem de imaginar isso. espero que ELE e a MARIA fiquem bem na medida do possível”, escreveu uma mulher.

Diante dos comentários sobre o humorista, na manhã desta quarta-feira (16/6), a tatuadora bloqueou as interações na publicação em questão.

Nascimento prematuro

O bebê de Whindersson e Maria Lina nasceu no dia 29 de maio, sábado. A noiva do influenciador estava com apenas 22 semanas de gestação. João Miguel ficou internado na UTI neonatal mas não resistiu e faleceu na segunda-feira (31/5). “Quando disserem que ele nunca lutou por nada, vamos poder responder que ele lutou pela vida”, escreveu ele no Instagram.

“Ontem eu conheci meu filho e a primeira vez que encostei nele foi como se eu encostasse em um pedaço de Deus. Há tanto tempo eu não me sentia vivo. Ele, como se diz no interior, é minha cara cagado e cuspido, até o pé é igual. Mas ele é bem pequenininho porque veio um pouco antes do esperado”, contou Whindersson.

“A mãe dele foi uma leoa demais e nessa hora a natureza me mostrou um lugar que eu nunca estive, parado, e sem poder fazer nada, onde eu não tinha controle de nada, só ver ela passar por tudo aquilo que nós ouvimos falar todos os dias, mas só passando mesmo para saber. Obrigado por ser tão forte pelo meu maior presente!”, continuou.

Fonte: Metrópoles