O artista fez uma publicação no Instagram fazendo o anúncio. Ele disse que teve a ideia de fazer uma pausa após show no Rio de Janeiro.

O comediante e youtuber Whindersson Nunes anunciou, na noite desta segunda-feira (21
0/12), que fará uma pausa nas apresentações após 10 anos de carreira. Ele revelou a novidade pelas redes sociais e disse que tomou a decisão após viagem ao Rio de Janeiro, no domingo (19/12).

Na publicação, o comediante aparece em duas imagens. Na primeira, está sentado em uma cadeira, com uma plateia vazia ao fundo e em outra foto posa com um teatro lotado. O youtuber escreveu no post: “Ontem foi a reunião pra decidir sobre o futuro da minha vida e carreira, depois de muito perceber que dessa vida não se leva nada, nem fama, nem glória, muito menos tudo que eu comprar com o que eu ganhar com isso”, disse.

https://www.instagram.com/_u/whinderssonnunes/?utm_source=ig_embed&ig_rid=71ea8dc2-b5ff-4fe6-94b6-c9b5f13a8b70&ig_mid=76A58DB7-1FEB-4166-A978-7088BFAFDF31

O humorista diz que percebeu a quantidade de pessoas que vão o assistir “atrás de um rumo” e não só “atrás de um sorriso”.

“O meu próximo e último show, vai ser um show de despedida, não pra sempre por que isso não existe, ninguém para pra sempre, eu amo estar no palco, mas eu já estive nele por quase 10 anos, rodei o Brasil e vi tantas pessoas, em tantas situação que eu fico constrangido quando alguém não tem 30 reais pra dar risada junto com todos, não me incomodo com a fama por que eu só sou amado pelas pessoas como sou, por que elas me conhecem, e eu amo esse amor, mas me afetou em outros níveis e eu acho que ainda não sei lidar, preciso assimilar, e entende tô que fazer com isso”, declarou.

No livro recém-publicado, Whindersson revelou que se afundou em drogas após o término do casamento com Luísa Sonza. Em um trecho da publicação, o influencer deu detalhes sobre o momento difícil que enfrentou. O texto foi divulgado pelo portal Extra.
“(…) Quando acabou com Luísa, eu também tive o meu penhasco (…) Reconheço que errei, que as drogas foram me destruindo (…) Não havia mais intervalos entre as drogas. Eu acordava e desacordava para a vida. Eram drogas e mais drogas tentando estancar sei lá o que”, diz ele em uma passagem do livro Vivendo Como um Guerreiro.

Recentemente, Whindersson também sofreu a grande perda do filho com Maria Lina, João Miguel, nasceu prematuro de 22 semanas e, infelizmente, não resistiu após dois dias de vida.

Fonte: Metrópoles