Um vídeo gravado na tarde desta sexta-feira (17), mostra que boa parte da população manauara não tem respeitado a quarentena. É o caso dos moradores do Conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto, zona Oeste de Manaus, que foram flagrados jogando futebol em um campo, desrespeitando as regras do isolamento social.

Vídeo:

View this post on Instagram

Moradores do Campos Elíseos desrespeitam quarentena Um vídeo gravado na tarde desta sexta-feira (17), mostra que boa parte da população manauara não tem respeitado a quarentena. É o caso dos moradores do Conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto, zona Oeste de Manaus, que foram flagrados jogando futebol em um campo, desrespeitando as regras do isolamento social. O bairro Planalto tem sido um dos locais com maior índice de contaminados, conforme um gráfico divulgado pelo governo do Amazonas, na tarde desta sexta-feira. Com uma média de oito a onze moradores já testaram positivos para o covid-19. O comportamento da população tem levado o Amazonas a uma aceleração descontrolada no contágio do coronavírus. Hoje, dia 15 de abril, já somavam 1.809 testes confirmados, a capital concentra a maioria, com 1.531 casos. E número de óbitos já chegou a 145.

A post shared by A Repórter (@areporter_) on

O bairro Planalto tem sido um dos locais com maior índice de contaminados, conforme gráfico divulgado pelo governo do Amazonas na tarde desta sexta-feira.

Comportamento causou aceleração descontrolada

O comportamento da população tem levado o Amazonas a uma aceleração descontrolada no contágio do coronavírus. Hoje, dia 15 de abril, já somavam 1.809 testes confirmados, a capital concentra a maioria, com 1.531 casos. E número de óbitos já chegou a 145. É o Estado com maior índice de disseminação da doença.

Durante a live realizada pelo Governo do Amazonas que atualiza os dados relacionados ap coronavírus, a diretora-presidente da FVS, Rosemary Pinto, destacou que o Estado sofre uma curva ascendente, pois no primeiro dez dias eram registrados 26 casos e após 30 dias já eram 1.049, um aumento de cinco vezes o número de casos em um curto período de tempo.

“A partir do dia 3 de abril, nós temos uma curva ascendente, que resultou, hoje, em 1.809 casos. O gráfico demonstra que, nos primeiros dez dias, nós tínhamos 26 casos. Quando chegamos a 20 dias, passamos a ter 200 casos e, no trigésimo dia, nós chegamos a 1.049 casos. Portanto, em trinta dias nós saímos de um caso para 1.049 casos. Entre 20 e 30 dias nós tivemos um aumento de cinco vezes o número de casos, num período muito curto de tempo”, observou a diretora-presidente da FVS.

Saiba mais:

Amazonas soma 1.809 casos de Covid-19, e FVS alerta para velocidade de disseminação do vírus