Os vereadores de Manaus cancelaram os trabalhos desta semana, na Câmara Municipal, para se dedicar exclusivamente à campanha. Quem procurou os parlamentares na segunda e terça-feira foi informado que os vereadores só voltariam ao trabalho na próxima segunda-feira, 16 de novembro.

A decisão de cancelar as reuniões na última semana de campanha eleitoral foi aprovada pela maioria dos vereadores. Dos 41 parlamentares, 39 concorrem à reeleição.

O portal A Repórter conversou com assessores dos vereadores, que confirmaram que caso os parlamentares não sejam reeleitos, dificilmente voltariam ao plenário para participar das sessões.

Situação semelhante aconteceu na eleição municipal de 2016, quando 50% dos vereadores não se reelegeram. Após o resultado das urnas, os vereadores que perderam a eleição não voltaram ao trabalho.

Se a previsão dos analistas políticos e das pesquisas eleitorais for cofirmada, cerca de 60% das vagas de vereador serão renovadas nesta eleição.

Isso significa que os trabalhos no Legislativo Municipal ficarão comprometidos devido a falta de vereadores no plenário.

Na próxima segunda-feira teremos a resposta sobre quem venceu a eleição e quem foi recusado pelos eleitores.