Ao confirmar que está com coronavírus, o vereador Isaac Tayah levou pânico aos servidores e demais vereadores da Câmara Municipal de Manaus. Na quarta-feira, dia 18 de março, último dia que participou das atividades no plenário do Legislativo Municipal, Isaac Tayah conversou e cumprimentou vários colegas em seu ambiente de trabalho.

A suspeita é que Tayah tenha disseminado, de modo não intencional, o coronavírus para várias pessoas que estavam na CMM.

Os vereadores mais preocupados com o risco de contaminação são Mirtes Salles, Sassá da Construção, Cláudio Proença, Fred Mota e Sargento Bentes Papinha, pois são os parlamentares que  ficam sentados ao lado da bancada de Isaac Tayah, numa distância que favorece a disseminação do Covid-19.

Mesmo com a suspeita de estarem doentes, vários vereadores de Manaus se recusam a fazer o exame preventivo para detectar a contaminação. É o caso dos vereadores Diego Afonso e Glória Carratte, que disseram que só farão o exame após surgirem sintomas da doença. A demora no diagnóstico pode facilitar a transmissão do Covid-19 para mais pessoas.