Vítima era de nacionalidade Venezuelana. Família informou para a polícia que homem possa ter sido assassinado por engano.

 

 

Um vendedor ambulante, de 25 anos, morreu na noite desta segunda-feira (27) após ser baleado com tiros de fuzil na comunidade do Céu, bairro Aparecida, Zona Sul de Manaus. Segundo a polícia, a vítima, natural da Venezuela, vendia água na região. A família acredita que o homem possa ter sido assassinado por engano.

O crime aconteceu por volta das 23h no beco Casemiro de Abreu. Para a polícia, a família do homem contou que o homem saiu de casa para ir a um comércio, nas proximidades, quando foi abordado por criminosos.

Testemunhas relataram a polícia que três criminosos, não identificados, chegaram ao local encapuzados, com roupas pretas e com armas de grosso calibre. Durante o tiroteio, o homem foi baleado. Familiares chegaram a tentar socorrer a vítima, mas ele não resistiu e morreu na entrada do beco.

A polícia encontrou no local do tiroteio, cápsulas de fuzil 556. O homem foi baleado na região do braços, pernas e abdômen.

A vítima tentou correr para dentro de casa, mas foi alcançada pelos criminosos. A família comentou que o homem pode ter sido morto por engano. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para identificação e autoria do crime.

fonte : G1 Amazonas