Mais de cinco milhões de famílias de baixa renda serão contempladas com uma ajuda de 50% do custo médio do botijão de 13 kg.

Desde início do ano, o preço do gás de cozinha já subiu quase 30%. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, BR Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor médio do botijão no país está em R$ 102,46. Com a assinatura do decreto que regulamenta o Auxílio Gás publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 3, mais de cinco milhões de famílias de baixa renda serão contempladas com uma ajuda de 50% do custo médio do botijão de 13 kg. O valor do benefício hoje é de R$ 52 pagos cada dois meses a partir deste mês e durante cinco anos, ou seja, em 30 parcelas.

Não há restrição para quem participa de outros programas do governo, desde que atenda aos critérios como a renda familiar mensal menor ou igual a meio salário mínimo ou do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social. Não será necessário comprovar com que o valor foi gasto. Para pagar o vale-gás, o governo enviou um Projeto de Lei ao Congresso que pede a abertura de crédito especial de R$ 300 milhões, custeado pela anulação de outros despesas do Orçamento.

Fonte: JP Notícias