Atualmente, a pasta administra o Parque Urbano Jefferson Peres e o Parque Rio Negro.

O coordenador da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), o engenheiro civil Marcellus Campêlo, reuniu-se com o secretário da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, para alinhar as diretrizes relacionadas à manutenção dos parques urbanos Senador Jefferson Peres e Rio Negro, do Programa Social e Ambiental de Manaus e do Interior (Prosamin+), localizados na zona sul e oeste de Manaus.

Na reunião foi discutido o projeto de manutenção e revitalização dos parques administrados pela Secretaria de Cultura, que inclui os parques Jefferson Peres e Rio Negro. “Vamos tentar apoiar no que pudermos com os programas e fazer com que os parques sejam mantidos e bem cuidados, além de implementarmos programações culturais neles para a população”, afirma o coordenador da UGPE, Marcellus Campêlo.

“Os parques são uma opção de lazer para as comunidades no entorno. Lugares onde as famílias podem passear, as crianças podem brincar ao ar livre, são também muito utilizados por pessoas que praticam atividades físicas. Com a parceria da UGPE, vamos conseguir revitalizar os nossos parques urbanos e, com a flexibilização das atividades ao ar livre, voltar a oferecer programações culturais aos moradores, respeitando o cenário e os protocolos de segurança em saúde”, afirmou o titular da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.

Outro ponto da reunião foram as diretrizes em relação ao apoio da Secretaria de Cultura à UGPE, por meio do seu Laboratório de Arqueologia. O órgão é responsável por receber todos os achados de arqueologia do Prosamin+, e agora, é reforçada a parceria institucional entre as duas secretarias no novo programa do governo Wilson Lima.

Repasse para o Município – Com o fortalecimento da relação institucional entre o Estado e o Município, diversos parques urbanos do Prosamin+ já foram repassados para a Prefeitura de Manaus, com intuito de garantir manutenção periódicas e ações de limpeza a esses espaços.

Revitalização – A UGPE vem atuando na revitalização do Parque Rio Negro, que foi entregue em 2015, e desde sua inauguração não passava por reformas. Estão sendo contemplados os serviços de pintura, troca dos equipamentos das academias ao ar-livre, pintura do gradil, troca da madeira dos decks, reforma da pista de caminhada e do playground infantil.

FOTOS: Tiago Corrêa/UGPE