Curso pioneiro e gratuito oferta 750 vagas, distribuídas para Manaus e interior do Amazonas.

As inscrições para o curso de pós-graduação Amazon Rainforest Business foram prorrogadas até o dia 1º de março de 2021. A especialização, gratuita e pioneira no Brasil, visa gerar acesso a conhecimentos e técnicas de empreendedorismo e gestão, voltadas à constituição de negócios a partir do aproveitamento de recursos oriundos da floresta. A formação é promovida pela Rainforest Social Business School, da Universidade do Estado do Amazonas (RSBS/UEA), primeira Escola de Negócios da Floresta Amazônica no Brasil.

O curso é uma forma de incentivar o espírito empreendedor de jovens e empresários para atuarem como gestores de cadeias produtivas ou consultores em negócios das Florestas Tropicais, agregando valor aos produtos e as cadeias produtivas da região para formar uma plataforma de negócios que melhore a qualidade de vida dos amazônidas.

Para essa primeira turma, a RSBS/UEA oferta 750 vagas, distribuídas em Manaus (200 vagas); Iranduba (50), Manacapuru (50), Presidente Figueiredo (50), Tabatinga (50), Tefé (50), Coari (50), Lábrea (50), Parintins (50), Maués (50), São Gabriel da Cachoeira (50); e Boca do Acre (50). A duração do curso é de 18 meses com carga horária de 450 horas.

RSBS/UEA – A primeira Escola de Negócios da Floresta Amazônica no Brasil foi lançada em novembro de 2020, pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) com o objetivo de potencializar o desenvolvimento econômico do estado, por meio da implantação de negócios sustentáveis que sejam capazes de aproveitar os diferenciais competitivos existentes no bioma Amazônia.

A iniciativa conta com a parceria e o esforço coletivo e sinérgico do Instituto de Estudos Avançados (IEA), Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária (FEA), Universidade de São Paulo (USP), Green Rio, Secretaria Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas (Secti/Sedecti).

A RSBS/UEA surge ainda como instrumento de inclusão e equidade social ao promover oportunidades de mercado para produtos e serviços oriundos de florestas tropicais, respeitando os ecossistemas e sociedades.

Foto: Divulgação