A partir de quarta-feira (04), toda vez que o candidato a prefeito Ricardo Nicolau (PSD) mencionar o hospital de campanha municipal, terá que citar a prefeitura de Manaus.

É o que determinou o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), após analisar recurso jurídico apresentado pelos candidatos Alfredo Nascimento (PL) e David Almeida (Avante).

Ricardo Nicolau tem usado o hospital de campanha Gilberto Novaes como propaganda no horário político do rádio e televisão. O problema é que Nicolau omite que o hospital foi criado e mantido pela prefeitura de Manaus e ele fez parte da administração.

A família de Nicolau é proprietária do grupo hospitalar Samel, que em abril deste ano firmou parceria com a prefeitura de Manaus para administrar o hospital de campanha.

De acordo com os advogados de David Almeida e Alfredo Nascimento, o candidato Ricardo Nicolau mente aos eleitores quando diz que foi ele quem construiu e equipou o hospital de campanha.

Segundo a decisão do TRE-AM, Nicolau pode continuar usando o nome Samel em seu material de campanha, porém toda vez que mencionar o hospital Gilberto Novaes, terá que explicar que a obra foi criada pela prefeitura de Manaus.