O último boletim com número de pessoas internadas com coronavírus no Amazonas, divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), aponta que 11 crianças em Manaus estão internadas para tratamento do Covid-19.

São quatro crianças internadas em leitos de UTI, o que significa que apresentaram sintomas graves da doença. Outras sete crianças estão em leitos clínicos, mesmo assim precisam de acompanhamento médico especializado.

As internações ocorreram nos primeiros dias de janeiro e sugerem que as contaminações aconteceram durante as festas de fim de ano.

Até o final de 2020, acreditava-se que o coronavírus não afetava as crianças, ou que os sintomas da doença eram mais brandos em pacientes infantis.

As internações ocorridas em Manaus provam que a estimativa estava errada. Se a pandemia se propagar entre as crianças, esta segunda onda de contaminações que ocorre em Manaus pode ser ainda mais fatal que a ocorrida entre os meses de abril e maio de 2020, quando chegou a faltar urnas funerárias para enterrar as vítimas da doença.