A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) iniciou o processo de reorganização da rede de maternidades da capital, com ações que visam melhorar a capacidade e qualidade dos atendimentos prestados à população. As mudanças fazem parte de um plano da secretaria que já está em andamento em outras unidades como prontos-socorros, policlínicas e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) e que garante maior fluidez nos atendimentos e serviços.

As medidas partem da reestruturação das gestões das unidades e da implantação de novos fluxos e procedimentos a serem adotados pelos profissionais que atuam diretamente no atendimento dos pacientes nas unidades.

Equipes da gerência de maternidades da SES estão fazendo visitas às unidades com o intuito de conhecer a dinâmica de funcionamento de cada local e, com base no diagnóstico levantado, elaborar novos processos para otimizar os trabalhos.

Para o gerente de maternidades, Edilson Albuquerque, outro ponto importante para melhorar os processos de atendimento das unidades é o fortalecimento das ouvidorias em parceria com a gestão.

“É importante que o usuário formalize reclamações, sugestões, junto às ouvidorias, e compreenda que essa comunicação oficial será fundamental para que a gestão possa dar andamento não apenas às demandas pessoais, como às reivindicações coletivas”.

Processos – A Secretaria Executiva de Controle Interno da SES vai atuar com ainda mais rigor nas denúncias realizadas por meio das ouvidorias das maternidades, como forma de evitar que falhas no atendimento causem danos aos pacientes.

“Desde que assumimos a Secretaria Executiva de Controle Interno temos buscado valorizar a rede de Ouvidorias do SUS como o canal mais rápido e efetivo para o atendimento ao nosso usuário, garantindo a atuação, solução e resposta para suas demandas”, destacou o secretário executivo de Controle Interno, Silvio Romano.

Saúde Amazonas – A estruturação da ouvidoria da SES-AM e das ouvidorias das unidades é mais uma ação do Saúde Amazonas, programa do Governo do Amazonas que tem o objetivo de reestruturar e melhorar a rede de assistência no Estado.

Nesse sentido, a SES-AM trabalha para garantir que toda unidade de saúde do Estado tenha uma ouvidoria, com estrutura adequada e profissional treinado para o serviço.

Canais de comunicação – Desde novembro, a SES-AM vem aperfeiçoando o sistema de ouvidorias das unidades para garantir ao usuário dos serviços de saúde um canal de diálogo com a gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) no Amazonas direto e ainda mais eficiente.

Em 2020, a média de demandas recebidas pelas ouvidorias da rede da SES-AM foi de 530 por mês.

A secretaria tem atualmente 26 unidades de saúde com ouvidoria. O cidadão que esteve em alguma unidade e queira fazer um elogio, sugestão, solicitação ou reclamação relacionada ao serviço que lhe foi prestado pode procurar o setor, no próprio hospital ou fundação, por exemplo.

Já a ouvidoria da SES-AM fica localizada na sede do órgão, na avenida André Araújo, zona centro-sul de Manaus, funcionando com atendimento presencial de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Os canais de atendimento virtual da ouvidoria da SES-AM são:

Telefone: (92) 98418-5011
Disk Saúde: 136
Website: saude.am.gov.br
E-mail: [email protected]

FOTOS: Rodrigo Santos/SES-AM