A equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) apresentou ao secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, nesta sexta-feira (11/12), as ações da SES-AM que irão fazer parte de um plano estadual para melhorar a rede de assistência materno-infantil no Amazonas.

Marcellus Campêlo reforçou, durante a reunião, que pelos desafios que a área apresenta à gestão da SES-AM, o fortalecimento da rede de assistência materno-infantil são ações prioritárias do Programa Saúde Amazonas.

“Nós temos metas para trabalhar a reorganização de todas as redes de assistência e uma das mais importantes é a rede de assistência materno-infantil, que ainda tem indicadores muito desafiadores para o Amazonas. Mas com a união de todas as unidades e profissionais de saúde, estabelecendo as políticas adequadas, vamos melhorar esses indicadores”, afirmou Marcellus Campêlo.

O secretário de saúde destacou também a importância da construção do plano nesse momento, considerando que haverá mudanças na gestão de muitos municípios e os novos gestores municipais são atores importantes que precisam ser mobilizados.

“Estamos em um momento importante, que é a mudança nas gestões dos municípios. Então, é um momento de aproximação importante com as prefeituras, onde construímos um plano estadual na área materno-infantil, e podemos estabelecer uma linha comum de atuação, para unirmos forças e avançar nessa linha de cuidado”, ressaltou o secretário.

O plano da linha de cuidado materno-infantil está sendo construído por técnicos da Coordenação de Saúde da Mulher, Coordenação de Saúde da Criança, Gerência de Triagem Neonatal, Coordenação Rede Cegonha e Gerência de Maternidades da secretaria.

A reunião também contou com a participação de consultoras do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), que é a agência de desenvolvimento internacional da ONU que trata de questões populacionais. O órgão é parceiro da SES-AM em ações como as relacionadas à saúde materno-infantil.

FOTOS: Paulo Bahia/ SES-AM

.