Foi adiada a indicação dos deputados estaduais que irão compor o grupo

Ficou para amanhã (09), a partir das 9h, a indicação dos deputados estaduais que vão compor o grupo que analisará o pedido de impeachment do governador Wilson Lima e do vice-governador Carlos Almeida.

A apresentação dos nomes estava prevista para hoje, às 16h, na Assembleia Legislativa do Amazonas, porém os blocos partidários com representação no Legislativo não entraram em consenso.

O grupo terá participação de 17 deputados que representam os seis blocos partidários na Assembleia Legislativa.

O portal A Repórter apurou que a lista já possui quatro nomes confirmados. Os escolhidos são os deputados Dermilson Chagas e Wilker Barreto, que representam o bloco do Podemos.

No bloco dos partidos PT, PSB e PDT foram indicados os deputados Sinésio Campos e Adjuto Afonso. O deputado Serafim Corrêa, que integra o grupo, abriu mão de participar da comissão de impeachment.

Faltam ainda as escolhas dos blocos do PSL, Patriotas, PRTB, PSDB e Republicanos (com direito a cinco representantes). Bloco do MDB, PTB, PSC e DEM (três representantes). Bloco do PV e PSD (dois representantes) e bloco do PL (um representante).

A divulgação da lista completa será feita na sessão plenária de quinta-feira. A reunião será transmitida ao vivo pelo canal da Assembleia Legislativa no Youtube e pela página no Facebook.