A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) assinou um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) com o Comando Militar da 12ª Região do Exército Brasileiro, com a anuência do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), nesta quinta-feira (22/10), garantindo a manutenção das atividades do Hospital de Guarnição do município de Tabatinga, a 1.105 quilômetros de Manaus.

A assinatura do Termo, com a participação do TCE, demonstra a aproximação e o diálogo da gestão da SES-AM com os órgãos de controle, visando a transparência das ações desenvolvidas pela secretaria.

O titular da secretaria, Marcellus Campêlo, ressaltou a importância da parceria com o Exército Brasileiro para o atendimento da população na região do Alto Solimões.

“O Termo de Ajuste de Gestão (TAG) é mais um passo que a gente dá para regularizar os convênios, para que, de forma célere, assinemos o próximo convênio para beneficiar Tabatinga e outro para São Gabriel da Cachoeira e, assim, melhor gerirmos esses convênios”, completou Campêlo.

Além do titular da SES-AM, o Termo também foi assinado pelo comandante da 12ª Região Militar, general Edson Rosty, e pela presidente do TCE-AM, conselheira Yara Lins. A conselheira ressaltou que a ação é benéfica para o estado.

“O tribunal não é só um órgão punitivo, mas também um órgão pedagógico, que procura instruir para bem servir nosso estado e colaborar com toda população”, acrescentou a conselheira.

Transparência – A atuação em consonância com os órgãos de controle também faz parte das ações do programa ‘Saúde Amazonas’, lançado no mês de agosto pelo governador Wilson Lima.

Com a implementação do programa, foi criada a Secretaria Executiva de Controle Interno, órgão que atua como fiscalizador interno e garante melhor qualidade dos serviços prestados aos usuários.

Fotos: Paulo Bahia/ SES-AM