Faltando quatro meses para a eleição municipal, marcada para o dia 15 de novembro, a disputa pela prefeitura de Manaus possui 22 nomes.

O portal A Repórter preparou a lista com os pré-candidatos conhecidos pela maioria dos eleitores. Alguns devem desistir no meio do caminho, outros têm condições reais de vencer a eleição.

A lista contém os nomes de Amazonino Mendes, David Almeida, Alfredo Nascimento, Capitão Alberto Neto, Josué Neto, Chico Preto, Conceição Sampaio, Bosco Saraiva, Alfredo Menezes, Delegado Pablo, José Ricardo, Herbert Amazonas, Serafim Corrêa, Ricardo Nicolau, Débora Mafra, Carol Brás, Liliane Maia, Francisco Balieiro, Hissa Abrahão, Marcos Rotta, Jesus Alves e Romero Reis.

Analistas políticos preveem que a eleição deste ano terá recorde de candidatos a prefeito. Todos de olho na cadeira deixada por Artur Neto.

A lista oficial será conhecida até o dia 16 de setembro, quando termina o prazo para as convenções partidárias.

Até o momento, as coligações partidárias seguem em segredo, mas é certo que os partidos com maior tempo na propaganda eleitoral do rádio e TV têm vantagem na formação de chapas.

É o caso do Partido dos Trabalhadores (PT) que possui maior espaço no horário eleitoral, com 8,2 inserções diárias, seguido pelo Partido Social Liberal (PSL), com 7,9 comerciais no rádio e TV.

Os outros três partidos com maior espaço na mídia rádio/televisiva são o Partido Progressista (PP), com 5,9 inserções, Partido Social Democrata (PSD) com 5,4 comerciais, e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), com 5,3 espaços na mídia.

Por conta da pandemia do coronavírus, várias atividades eleitorais como caminhadas, reuniões e comícios são incerteza nesta eleição. Por isso, o espaço na TV e rádio deve ser bastante disputado pelos candidatos a prefeito, além é claro da comunicação por redes sociais e aplicativos de mensagem.