Por causa da pandemia de coronavírus, os bois bumbás Garantido e Caprichoso decidiram transferir o Festival Folclórico de Parintins para os dias 16, 17 e 18 de outubro deste ano.

A confirmação veio hoje (sexta-feira – 27) após os bumbás conversarem com a prefeitura de Parintins e obter aprovação do governo do Estado para incluir a data no calendário oficial de eventos do Amazonas.

Em outubro, o festival será realizado junto às festividades do aniversário de Parintins, quando a cidade comemorará 168 anos.

As novas datas (16, 17 e 18 de outubro) coincidem com sexta-feira, sábado e domingo. A festa dos Visitantes, que já se tornou tradição na cidade, será dia 15, mesmo dia do aniversário de Parintins.

Na mesma semana da realização do Festival haverá o feriadão da Padroeira do Brasil (12 de outubro), que cai numa segunda-feira. A estimativa da prefeitura e dos bois bumbás é atrair turistas e visitantes para ficarem na cidade ao longo de uma semana.

A estratégia é movimentar a economia do município, gerando empregos em hotéis, lanchonetes, bares, restaurantes e no setor de transportes da cidade.

Embora controversa, a proposta de mudança nas datas recebeu apoio dos moradores de Parintins. A população reconhece a necessidade de cuidados para evitar aglomerações e a disseminação do coronavírus.

Outro argumento usado pelos defensores da nova data é a chegada de turistas e visitantes de várias partes do mundo, que poderiam reascender os casos de Covid-19 em Parintins.

Esta será a primeira vez em 55 anos de Festival que o evento não será realizado entre os meses de junho e julho. Também será um grande desafio para a cidade, que terá que provar a capacidade de atrair turistas numa data tão inusitada.