Índice de abstenções neste domingo (29) chegou a 22,43%. Número é mais que o dobro de abstenções das eleições de 2016.

Quase 300 mil eleitores deixaram de comparecer às urnas em Manaus neste domingo (29), o que representa 22,43% do eleitorado. O número de abstenções neste ano é mais que o dobro do que foi registrado nas eleições municipais de 2016 (veja números abaixo).

Neste segundo turno, David Almeida (Avante) foi eleito prefeito de Manaus, com 51,27% dos votos, e derrotou o ex-governador Amazonino Mendes (Podemos). Um total de 1.032.901 eleitores votaram neste segundo turno.

VEJA COMO FOI O PLEITO NA CAPITAL

Neste ano, no primeiro turno, o índice de abstenções em Manaus foi o menor entre as capitais do País, chegando a 18,23%. Confira os dados:

Abstenções nas Eleições 2020 em Manaus:

1º turno: 18,23% – 242.787 eleitores

2º turno: 22,43% – 298.712 eleitores

Abstenções nas Eleições 2016 em Manaus:

1º turno: 8,59% – 108.025 eleitores

2º turno: 9,50% – 119.437 eleitores

Neste segundo turno, a chuva atingiu a capital amazonense durante grande parte da tarde.

Além da chuva, há o fato de vivermos uma pandemia, o que impede que algumas pessoas se sintam seguras ao sair de casa. Outro ponto não menos importante seria o fato dos eleitores não se sentirem representados por nenhum dos candidatos.

Fonte: G1AM