Pesquisa constatou que os bebedores de vinho tinto são mais propensos a gostar de acordar cedo, ser fã de jazz e considerar-se aficionado por vinho.

Se você gosta de “Game of Thrones”, considera-se um introvertido e curte viajar, uma pesquisa mostra que você provavelmente gosta de vinho tinto.

Um estudo com 2.000 americanos (maiores de 21 anos) analisou as diferenças nos traços de personalidade entre aqueles que bebem vinho tinto e aqueles que preferem o branco.

Os resultados revelaram que os bebedores de vinho branco são mais propensos a preferir dormir tarde, serem extrovertidos e gostar mais de ouvir música punk.

A pesquisa mostrou também que os bebedores de vinho branco identificam-se como curiosos, sarcásticos e perfeccionistas. Já os bebedores de vinho tinto, como aventureiros, humildes e organizados.

Os bebedores de vinho tinto também são mais propensos a identificar-se como madrugadores, fãs jazz e considerar-se aficionados por vinho.

Além de observar as diferenças de personalidade, a pesquisa também analisou o conhecimento de cada grupo em relação ao consumo de vinho.

O estudo descobriu que os consumidores de vinho tinto tinham o conhecimento necessário para sustentar sua alegação de aficionados por vinho – eles sabiam como segurar corretamente um copo de vinho (73% versus 65%), sabiam o que são “taninos” (53% versus 45%) e sabiam quanto tempo leva para o vinho oxidar (64% versus 54% cento).

Eles também são mais propensos a considerar um ponto negativo se um interesse amoroso não estiver bem informado sobre vinho (46% contra 40%) e estão mais dispostos a gastar um pouco mais com vinho (média de 40 dólares) por garrafa.

O entrevistado médio, em qualquer grupo, bebe quatro copos de vinho por semana, e o local preferido para beber – independentemente da preferência do vinho – é a própria casa (72%). Mas 62% vão deixar de beber um copo de vinho depois do trabalho ou no jantar, porque não querem abrir uma nova garrafa.

Além de beber no conforto de sua própria casa, a pesquisa constatou que 49% dos entrevistados gostam de beber vinho em eventos ou reuniões, enquanto 43% preferem beber em um bar.

E, quando estão em um evento, 75% vão beber o que todo mundo está bebendo, mesmo que prefiram outra coisa. Depois de realizar um evento, as pessoas admitem jogar fora uma média de três garrafas parcialmente cheias de vinho.

As pessoas que preferem vinho tinto são mais propensas a:

– Ser um aficionado por vinho;

– Ser um madrugador;

– Ser introvertido;

– Ser um amante de cães, ao contrário de um amante de gatos;

– Ser fã de jazz;

– Descreva-se como aventureiro, humilde e organizado; e

– Gastar um pouco mais por garrafa (40 dólares).

As pessoas que preferem vinho branco são mais propensas a:

– Dormir tarde;

– Ser extrovertido;

– Preferir gatos a cães;

– Ouvir música punk;

– Identificar-se como curioso, sarcástico e perfeccionista; e

– Gastar um pouco menos por garrafa (37 dólares).

Fonte: Fox News