Abordando o tema “Vida sim, Cigarro não”, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), programou diversas ações para marcar o Dia Mundial sem Tabaco, comemorado no dia 31 de maio. Até a próxima segunda-feira, 31/5, as unidades de saúde irão realizar atividades como rodas de conversa para orientar a população, cursos de capacitação de manejo clínico para o tratamento ao fumante e exposição de materiais educativos e ações em parceria com empresas.

“Por orientação do prefeito David Almeida, a programação foi organizada para alertar a população sobre os malefícios para a saúde pelo uso do tabaco, assim como os benefícios que podem ser alcançados por quem abandona o tabagismo, que é um hábito relacionado a mais de 50 tipos de doenças, desde câncer, até doenças respiratórias, doenças cardíacas, hipertensão arterial e diabetes”, destaca a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe.

De acordo com a gerente de Promoção da Saúde da Semsa, enfermeira Altemira Diniz, as ações planejadas seguem as diretrizes do Programa Municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo, o que envolve ainda os serviços de 14 Ambulatórios de Tratamento de Fumantes ativos no município de Manaus.

“Além disso, é importante destacar o atual contexto epidemiológico decorrente da pandemia do novo coronavírus, considerando estudos que indicam associação entre tabagismo e desfechos mais graves da Covid-19. Com isso, é ainda mais indispensável a execução de ações educativas para a prevenção ao uso do cigarro e de incentivo para que os fumantes abandonem o uso o tabaco”, ressalta Altemira Diniz.

Programação

Na segunda-feira, 31/5, a programação ocorrerá em uma fábrica no bairro Terra Nova, com exposição de materiais educativos e orientações sobre os impactos negativos do cigarro para a saúde. “Os profissionais das unidades de saúde também estão realizando busca de paciente tabagista e orientando sobre como procurar os serviços dos Ambulatórios de Tratamento de Fumantes”, informa Altemira.

Os Ambulatórios de Tratamento de Fumantes estão implantados em 14 unidades de saúde localizadas nas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e rural, atendendo pacientes que querem abandonar o uso do tabaco. O serviço funciona com a utilização da abordagem cognitiva-comportamental, com suporte profissional e, de acordo com a necessidade de cada paciente, suporte medicamentoso. São realizadas sessões individuais e em grupos de apoio, com acompanhamento de uma equipe multiprofissional.

Os interessados podem obter mais informações pelo Disque Saúde da Semsa: 0800 280 8 280, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Ambulatórios para Tratamento de Fumantes

Distrito de Saúde (Disa) Norte

1 – UBS Frei Valério – rua Bom Jesus, s/nº, Novo Israel;

2 – UBS Sálvio Belota – rua das Samambaias, 786, Santa Etelvina;

3 – UBS Armando Mendes – rua 5, s/nº, conjunto Manoa;

4 – Policlínica Anna Barreto – avenida Grande Circular, s/nº, Monte Sião;

Disa Sul

5 – USF Dr. Luiz Montenegro – Rua Pico das Águas, 527, Nossa Senhora das Graças;

6 – UBS Petrópolis – rua Delfim de Souza, s/nº, Petrópolis;

Disa Leste

7 – UBS Ivone Lima dos Santos, rua 8, s/nº, Coroado 3;

8 – UBS Amazonas Palhano – rua Antônio Matias, s/nº, São José 2;

9 – UBS Mauazinho – rua Rio Negro, 113, Mauazinho;

Disa Oeste

10 – Clínica da família José Raimundo Franco de Sá – Rua V, nº 150 – Nova Esperança I;

11 – Policlínica Djalma Batista – Rua 23 de Dezembro, s/nº – Compensa III;

Disa Rural

12 – USFR São Pedro, Km 35, rodovia AM-010;

13 – UBFR Ephigênio Sales, km 41, AM-010;

14 – UBFR Pau Rosa, Km 21, BR 174 – ramal do Pau Rosa.

Texto – Eurivânia Galúcio/Semsa
Fotos – Altemar Alcantara/Arquivo Semcom