O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, vistoriou na tarde desta sexta-feira, 23/10, as obras de reconstrução do Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei) Júlia Barjona, no São José 1, zona Leste. Ele também acompanhou uma nova frente de obra do “Requalifica 7”, desta vez no conjunto Castanheiras, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste.

A escola Júlia Barjona foi desativada na gestão anterior à do prefeito Arthur, para realização de obras de infraestrutura viária. “Deus sabe o que faz. A escola foi derrubada pelo prefeito anterior, para ser um ponto de partida para um modal de transporte – monotrilho ou BRT – porque ele tinha como certo os recursos para esse fim. E a escola foi derrubada, ficou no chão. Há algum tempo, luto para entregar essa escola toda reconstruída. E vamos trabalhar para entregar em dezembro”, afirmou o prefeito.

A obra está hoje com 60% dos serviços concluídos, com previsão de entrega para dezembro. Os blocos 1 e 2 já têm sua estrutura finalizada e passam agora por novos serviços, como pavimentação, elevação das alvenarias e revestimentos e cobertura. “Estou aqui para ver se há necessidade de colocar mais uma empresa para concluir esse trabalho com rapidez”, disse o prefeito.

O Cmei conta com 11 salas de aula, duas salas multiuso e uma de informática, além de espaços administrativos completos com sala de professores, pedagogia, secretaria e amplo refeitório. Também conta com um pequeno auditório e um pátio coberto, para atividades extracurriculares. A escola terá capacidade para receber 660 alunos, em dois turnos (matutino e vespertino), ou 330 alunos em período integral.

A escola é dividida em três blocos de dois pavimentos. No térreo, está o bloco administrativo com a secretaria, diretoria e pedagogia, banheiros, além do pátio coberto para demais atividades. No segundo bloco, também no térreo, estão uma sala multifuncional, demais banheiros e auditório. No bloco 3, também há mais espaços para a área administrativa, com sala dos professores, cozinha, depósito de materiais de expediente e de limpeza e amplo refeitório. Todo o segundo pavimento está dedicado às salas de aula.

O projeto contempla também o paisagismo com ampla área para plantação de grama, manutenção de árvores já existentes do terreno e plantação de mudas.

Requalifica 7

O prefeito também acompanhou obras do Requalifica 7 no conjunto Castanheiras. A rua 2 recebe os serviços de fresagem, que é a retirada do antigo asfalto, para posterior implantação do novo. “A rua 2 nasce no Zumbi, vem para o Castanheira e segue para o São José, uma via muito importante. São 1,2 mil metros lineares de asfalto. Como choveu muito pela manhã, está sendo feito um trabalho de ‘enxugamento’ da pista e de fresagem, para não afetar a qualidade do trabalho, que é muito sério”, garantiu o prefeito.

O Requalifica 7, última etapa do programa e que foi lançado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto no início de outubro, vai levar asfalto de qualidade para mais de 200 vias. Atualmente, três frentes de obras trabalham nos três lotes da etapa 7. O Requalifica é o maior programa de requalificação viária já feita pelo município e centenas de corredores viários já foram concluídos.