Silvana Pilipenko, o marido e a sogra deixaram Mariupol há dois dias; ela contou nas redes sociais que eles estão abalados e pediu apoio para os ucranianos.

A brasileira Silvana Pilipenko, de 53 anos, que estava desaparecida a quase um mês, postou nesta quinta-feira, 31, um vídeo no Instagram contando como foram seus últimos dias enquanto tentava sair de Mariupol, cidade que vivia com o marido e com a sogra e que agora está totalmente destruída por causa da invasão russa que já dura mais de um mês. “Saímos do território ucraniano faz dois dias. Estamos em um pequeno vilarejo na Crimeia”, disse. Silvana informou que sentiu necessidade de realizar a postagem nas redes sociais devido às mensagens de carinho que recebeu durante esses dias. “Eu, minha sogra e meu esposo estamos fisicamente bem, mas emocionalmente abalados. Precisamos de um tempo para nos reconstruir”, disse e agradeceu a todos que se preocuparam, mandaram mensagens de apoio e fizeram orações. No vídeo, que tem quase dois minutos de duração, Silvana também fala sobre a situação na Ucrânia e pede para que todos continuem rezando pelas pessoas de lá.  “É uma situação muito difícil, e quem tá lá não vê muita saída e não tem muitas escolhas. Continuem orando para que eles continuem fortes, resistindo e continuem sobrevivendo a essa guerra”, declarou. Ao final, Silvana disse que vai voltar para o Brasil, apesar de ainda não ter uma data certa. “Em breve estaremos aí”, finalizou.

https://www.instagram.com/_u/silvanapilipenko/?utm_source=ig_embed&ig_rid=ccc46451-0cd7-482b-8a99-4d03353fd321&ig_mid=CEC419E3-E56D-4A71-AF2E-0C70AD5BAAA0

Fonte: JP Notícias